Gombrich não morreu.

Só foi descoisificado.

Arquivos da Categoria: Fantasia

Uma tendência para todos dominar

 

~Eu estou nua e não-euclidiana por trás dessa montagem tosca~

Esse texto aqui vai pra outro campo, fora das artes visuais. Literatura. Tá. Não literalmente (ó o trocadalho), mas vai. Só pra mostrar como somos abrangentes e polivalentes (oi?).

Uma das minhas ambições é publicar um livro. Mas primeiro eu preciso escrevê-lo, assim que a minha preguiça e o meu dom de procrastinação avançada me permitirem tal coisa.

Outra das minhas vontades é a de parar de frescura e começar a dirigir, já que eu gastei um belo dinheiro pra ter uma habilitação. Se tem mulheres e analfabetos que conseguem dirigir, porque eu ainda hesito ao pegar um carro?

Pensando nisso e na notícia abaixo, está decidido: serei um escritor renomado.

Yup. Tyra Banks vai publicar uma trilogia de fantasia sobre modelos. Salve-se quem puder.

Depois de Christopher Paolini e o superoriginal Eragon, depois de Stephenie Meyer e sua profunda saga dramática e purpurinada sobre vampiros-emos-cintilantes-genéricos, é hora da MODELÂNDIA. Alguém me tire desse planeta.

Eu não tenho formação para discutir cânones de literatura ou coisa do tipo. Mas eu gosto de ler e de escrever. E de falar mal desse tipo de coisa aí (sim, eu também tenho defeitos). Mas vamos às palavras da própria ex-modelo semicantora empresária quase-ex-apresentadora e futura PAULO COELHO:

I’m so EXCITED!! I said I was going to do it, and here it is! It’s for all the girls and guys who want a lot more FANTASY in their lives… and some fierceness and magic, romance and mystery, crazy and wild adventures, and yeah, some danger too. It’s my novel called Modelland (pronounced “Model Land”) that takes you to a fantastical place you’ve never seen, or heard about, or read about before… Where dreams come true and life can change in the blink of a smoky eye. ;)

Em uma tradução improvisada (não fiel, mas mantendo o espírito original):

EU FUI FORÇADA!! Eu não queria fazer isso, mas tá aí! A mídia pediu, eu fui obrigada: eles querem pessoas que se FANTASIEM o dia todo… o travestismo é tendência, é forte e mágico, atrai romances e mistério, drogas e aventuras e, óbvio, DSTs também. Eu não resisti e sei que ia ganhar dinheiro com a Modelândia (tipo “Terra das Modelos”), uma história que vai acabar te levando para a cadeia, onde nunca mais vai ver, ou ouvir sua família… Onde os sonhos terminam e a vida acaba com o olho do ** na mão. ;)

 

Eu não queria.

Tá, falando sério. Ela vai escrever sobre um mundo de faz-de-conta (arco-íris, por favor?) para o qual uma menina e seus amigues são transportados magicamente (purpurina, por favor?). Isso em três livros. Teremos tipo uma Nárnia onde Aslam é o Alexander McQueen (quedescanseempaz).

Segundo TAIRA, a história tá na cabeça dela há centenas de anos. O bom de ser milionária é que ela pôde fazer todo esse drama de “aimeudeusvoupublicar” enquanto a editora do tal Modelândia é… dela. Isso, Tyra Banks abriu uma editora. “Livros Bancáveis”, seria a tradução do nome da mesma, mas só na minha cabeça, então releve.

Eu gostaria de ter esperanças dela escrever algo realmente relevante e interessante, e que tire a ideia da frescura do ~mundo da moda~. E desglamurizasse (palavrão) a coisa, pras pessoas entenderem o porquê das roubas bizarras nas passarelas e das modelos estilo pau-de-virar-tripa. Mas não sei. Ainda me parece clichê genérico nos moldes de Harry Potter/Nárnia: três protagonistas, um mundo feliz e mágico contrastando com o mundo real e pobre sem fantasia, etc, etc.

Em nota não relacionada, o cantor Falcão diz ter recebido uma proposta de estrelar uma trilogia de filmes holywoodiana como um vilão “cafona e afetado” cuja frase mais falada é “isso é tão 2008!

Será que isso significa que o vilão de Modelland vai ser alguém bem coleção passada?

 

Significa.

 

Anúncios